18º G.E Aldrin Barbosa

O Princípio da Grande Jornada

Primeiro o Amarelo, depois o Verde e ao final o Vermelho… A Alcatéia, a Patrulha e por fim o Indivíduo … e nele todo o Universo … e a Mágica Suprema de descobrir a Beleza do Servir, a Grandeza do Lema Pioneiro e a Profundidade da Mística Pioneira, síntese de toda a Mística Escoteira.

Como deixarmos de identificar no Pioneirismo a continuidade da Missão de formarmos Homens em sua plenitude?

Como reduzirmos o objetivo desse Ramo ao período de transição de um membro juvenil para uma função de chefia?

Só não entendendo a mensagem de B-P.!

O Fundador nos diz que “Caminho para o Sucesso” foi o livro que lhe deu maior prazer. E por quê? Porque o colocou diretamente em contato com os Jovens Pioneiros, porque permitiu-lhe levar a Mensagem de forma mais direta e madura, ampliando as metáforas e tornando-as mais cristalinas.

Quantas vezes ouvimos: “Os pioneiros são poucos e pouco fazem …”

Será?… Muitos são os candidatos mas poucos os Eleitos.

No Pioneiro, os primeiros passos sob os Arcos dos Novos Caminhos, no Mestre o apoio ao longo do Caminho, não a condução, pois a escolha é individual e a resposta está dentro de cada um.

Assim, cada clã terá sua própria personalidade, de acordo com as descobertas que fizerem cada um de seus membros e agirá de acordo com a maturidade atingida por seus mestres e seus pioneiros.

E quanto tempo um jovem pode permanecer no Clã: três. cinco anos, até atingir a idade limite? Para alguns, o suficiente para levantar a ponta do véu, para outros, pioneiros ou mestres, nem que tivessem a vida inteira …

Uma boa reflexão sobre o Pioneirismo mostrará o Ramo como o Princípio da Grande Jornada, não como o fim do adestramento juvenil.

O que fazer então?

Os Mestres devem estabelecer metas pessoais de adestramento para melhor entender o Jovem Pioneiro, para aumentar a integração com o Ramo Sênior e para uma constante adequação do programa pioneiro às características sócio culturais de nossos jovens.

Os Pioneiros devem buscar crescimento constante, assumindo seu papel na sociedade, interagindo intensamente com seus mestres e exercendo em plenitude o Servir Pioneiro.

Ampliando nossa visão, estaremos contribuindo para o crescimento e a consolidação do Ramo Pioneiro no Brasil, servindo aos jovens e exercendo melhor os compromissos assumidos em nossa Promessa Escoteira.

Mestre Pioneiro Renato Araújo da Silva

Conheça mais sobre o Ramo Pioneiro acessando este link:http://www.escotismo.org.br/html/pioneiro/indexpio.htm

by Rusley Wanderlone Rodrigues de Almeida

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s