18º G.E Aldrin Barbosa

Bravos Escoteiros

Alguns acham que puxar um bravo é simplesmente arrastar um sujeito nervoso.

Mas, os BRAVOS ESCOTEIROS são fórmulas bem criativas e animadas para elogiar, agradecer ou homenagear alguém.

Abaixo indicaremos algumas sugestões, mas não se prenda não. Crie uma na hora.
Ela pode ser formulada com base numa apresentação anterior ou inventada livremente.

O importante é você ter segurança de que se a inspiração não aparecer na hora, poderá fazer uso de um dos “velhos” bravos, que relacionamos abaixo, que para muitos pode parecer uma novidade.

Antes de cada bravo, coloque todos de pé. Lembre-se que os bravos podem ser uma forma gostosa para estabelecer a ordem e disciplina.
Indique como será o bravo, quais as palavras ou ruídos que cada um fará, quais gestos ou deslocamentos, enfim como cada um participará. E boa sorte.

1- Bravo da moto 2- Bravo cantado
Fazer gestos característicos de uma moto com partida no pedal.
Subir na moto, segurar o guidom, puxar o pedal e bater o pé.
Não esqueça do ruído BARÁ PA PA PA PÁ.

Depois de duas tentativas o motor vai pegar: VO VO VO VO VO.

Se quizer dê uma voltinha, com cuidado para não bater.

Clique para ouvir a melodia desta música.

A letra da música é:

Bravo, bravo, bravo, bravíssimo.
Bravo, bravo. Bravo, bravíssimo.
Bravo, bravíssimo. Bravo, bravíssimo.
Bravo, bravo, bravo, bravíssimo.

 

3- Bravo da chuva 4- Bravo do estádio
A chuva geralmente começa bem lenta – UM DEDO.
bata palmas apenas com os dedos indicadores.

A chuva vai engrossando – DOIS DEDOS.
bata palmas com os indicadores e médios.

A chuva fica mais forte – TRÊS DEDOS.
bata palmas com os indicadores, médios e anulares.

Tá molhando muito – QUATRO DEDOS.
bater indicadores, médios anulares e mínimos.

Não dá para fugir – CINCO DEDOS.
bater palmas com toda a mão.

Tá diminuindo – QUATRO DEDOS.

Ficou mais fraca – DOIS DEDOS.

Tá bem fraquinha – TRÊS DEDOS.

Tá acabando – UM DEDO.

Acabou.

Desta vez o círculo vai virar um grande Maracanã. Divida o círculo em quatro grupos,

Avise que cada grupo terá uma função dentro da torcida, que será executada no momento em que você apontar cada grupo.

uma turma gritará PENALTI.
uma turma gritará JUIZ LADRÃO.
uma turma gritará FORA,
uma turma gritará FALTA.
Avise que quando você erguer os dois braços, todos devem gritar GOOOL,
E quando baixar os dois braços SILÊNCIO.

repita APENAS três vezes, se você conseguir.

 

 

5- Bravo do Sapo 6- Bravo da melancia
Desta vez o círculo vai virar um verdadeiro brejo.

Divida o círculo em quatro grupos.

a turma da frente e de trás repetem sempre UM, UM, UM (com a boca fechada).
a turma da direita diz FOI quando você indicar com a mão direita.
a turma da esquerda diz NUM FOI quando você indicar com a mão esquerda.
Misture de dois à quatro FOI com um NUM FOI, procurando acompanhar o compasso do UM, UM.

Imitar os gestos e ruídos do comer um pedaço de melancia.

comendo a melancia:
CHUA Á Á Á Á Á e fazendo o gesto de enfiar a cara num pedado de melancia.

cuspindo os caroços:

Tchu, Tchu, Tchu, Tchu, Tchu e mandando caroços para todos os lados.
Repetir três vezes.

 

 

7- Hip Hip Urra 8- Bravo japonês
Os que comandam gritam: Hip, hip.

Os demais respondem URRA .

Repetir três vezes.

Gritar três vezes: IÁ SAKÁ.

O agradecimento correspondente pode ser ARIGATÔ.

 

9- Bravo do cavalo 10- Bravo do índio
Pedir para todos se ajoelharem e imitarem seus gestos e ruídos:
bata as mãos nas coxas em rítmo de trote, por uns 5 segundos,
erga as mãos para cima e imite um relincho de cavalo,

repetir três vezes.

Pedir para todos se ajoelharem e te imitarem:
bata uma palma escoteira no chão,
bata outra palma escoteira na coxa,
bata uma última palma escoteira no peito.

 

11- Palma no chão 12- Três bravos
Bata uma palma escoteira no chão,
três vezes.
Um comanda o um, dois três, e
todos gritam: BRAVO, BRAVO, BRAVO..

 

13- Palma escoteira 14- Palma gaúcha
Bater uma palma escoteira normal
ouça o rítmo.

Para ensinar o rítmo da palma escoteira, você pode recomendar que cantem mentalmente a cantiga abaixo, batendo uma palma para cada sílaba:
– Maracujá, cujá, cujá. Maracujá, cujá, cujá. Maracujá. Maracujá. Já.

Bater uma palma gaúcha
ouça o rítmo.

Para ensinar o rítmo da palma gaúcha, você pode recomendar cantem mentalmente a cantiga abaixo e bata uma palma para cada sílaba:
O sapo não lava o pé. Não lava porque não quer.
Ele mora lá na lagoa. Não lava o pé porque não quer.

 

15- Bravo da porteira 16- Bravo do rojão
Peça para todos imitarem seus gestos e ruídos:

Braço esquerdo para o lado esquerdo.
Braço direito sobre o mesmo.

* diga: A porteira abriu, NHÉ É É É ÉQUI.
Movimente o braço direito, abrindo a porteira para o lado direito.

* diga: A porteira fechou, PÁ Á Á FI TI.
E faça o gesto de fechar a porteira, movimentando o braço direito até a posição do braço esquerdo.

repita três vezes.

Peça para todos imitarem seus gestos e sons:

Braço esquerdo para a frente como que segurando o rojão.
Braço direito junto.
* diga: O rojão subiu, SHI I I I I I UUUU.
Movimente o braço direito para cima, imitando a subida do rojão.

* diga: O rojão explodiu, BUUMMM (bem forte).
E faça o gesto de abrir os braços, como que explodinDo o rojão.

repita três vezes.

 

17- Bravo crescente 1 18- Bravo crescente 2
você divide a platéia em três grupos e
você indica com o braço cada setor,
para ditar o rítmo:
pois uma irá gritar: BRAVO,
a outra gritará: BRAVINHO,
e a outra gritará: BRAVÃO.

repetir três vezes.

você convoca três ajudantes,

um bem alto, um bem baixinho e um de estatuta mediana.
você indicará cada um deles para ditar o rítmo do bravo

pois um irá gritar: BRAVO,
o outro gritará: BRAVINHO,
e o outro gritará: BRAVÃO.

repetir três vezes.

 

19- Bravo do trem 20- Bravo da máquina de escrever
Pedir para todos imitarem seus gestos e ruídos:
antebraço esquerdo para frente com a mão fechada (parado).
braço direito com a mão fechada, movimentando como o pistão de uma locomotiva,
faça o ruído de um trem “Maria Fumaça”: CHUC CHUC CHUC CHUC CHUC.

Em determinado momento, erga a mão e
como que puxando a cordinha do apito da locomotiva,
faça o ruído do apito: PI I I I I

repetir três vezes.

Pedir para todos imitarem seus gestos e ruídos:
* as duas mãos para frente, um pouco à esquerda,
fazendo os movimentos de digitar numa máquina de escrever
e seus ruídos: CLEC, CLEC, CLEC, CLEC, CLEC.

* movimente as mãos para a direita, como que caminhando até o fim da linha,
imite o sino: PLIM

* dê um tapa com a mão esquerda, como que mudando de linha,
e grite um PÁ.

repetir três vezes.

 

21- Bravo parcelado 22- Puxar um bravo
Você divide a platéia em duas metades e
você indica com o braço cada setor,
para ditar o rítmo:
pois uma irá gritar: BRA,
e a outra gritará: VO.

repetir três vezes.

Um pequeno grupo de pessoas,
puxa pela mão uma das pessoas.

Ela está muito brava, se debatendo,
urrando e tentando fugir deles..

 

23- Bravo do cuco 24- Bravo do chapéu
Uma pessoa de pé grita BRA, e abre as pernas.
Uma outra pessoa, agachada,
põe a cabeça entre as pernas do outro
e grita: VO.

repetir três vezes e você pode fazer com 3 pares de pessoas.

Você avisa que vai jogar um chapéu para cima.
Enquanto ele estiver no alto todos devem gritar: BRA,
e quando ele chegar no chão: VO.

repetir três vezes.

 

25- Bravo com movimento 26- Bravo três por um
Pedir para todos ficarem de pé e imitarem seus gestos e ruídos:
* bater as duas mãos nas coxas (EM REPIQUE)
e gritar: BRA A A A A A A.
* erguer as duas mãos para cima e gritar: VO O O.
repetir três vezes .
Demonstrar que todos gritaram:
BRAVO, BRAVO, BRAVO (rápido).
Repetir três vezes, sendo que na última
acrescentar um último bravo bem mais gritado.

 

27- Quifa 28- Bravo soletrado
Avisar que você gritará: QUIFA,
a platéia deve gritar REI.

Serão três vezes, mas na última eles gritam REI, REI, REI.

pedir para, ao seu comando, gritarem
BÊ – ERRE – Á – VÊ – Ô.
repetir três vezes e depois da última
gritar um BRAVO bem forte.

 

29- Só um bravo 30- Bravo, bravíssimo
Avisar que vão dar um bravo uma única vez,
bem alto e forte.
Comande o um, dois e três.
Avisar que serão dois bravos e
um bravíssimo no final.
Comande o um, dois e três.

 

31- Palma matemática 32- Bravo girando
é uma palma escoteira normal,
mas cantando em voz alta a seguinte cantiga,
batendo uma palma para cada sílaba:
1 2 3 4, 1 2, 1 2. 1 2 3 4, 1 2, 1 2.
1 2 3 4. 1 2 3 4. 4.
Todos devem gritar BR – R – R – R – R,
enquanto você ficar com o braço estendido.

E quando você erguer o braço, gritar ÁVÔ.
repetir três vezes.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s